Adelina Apresenta: #MãosQueFazem com Rahyja Afrange

A série #MãosQueFazem foi criada pela Adelina para que você possa descobrir um novo jeito de olhar para a produção artesanal e sentir o carinho através das coisas – por meio dos bastidores do gesto criador, conhecendo um pouco mais de quem está por trás dos objetos e obras que você encontra na Adelina Loja.

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre o processo de troca e criação de Rahyja Afrange

Rahyja Afrange


Rahyja Afrange é arquiteta de formação, e, após ter passado por muitos escritórios de arquitetura, descobriu em um curso de mobiliário na Dinamarca sua paixão pelo design. Desde então, Rahyja desenvolve um trabalho multidisciplinar – estabelecendo um constante diálogo entre suas práticas nas áreas de arquitetura, design de objetos e design de mobiliário – e se guiando por sua filosofia que preza pela estética, funcionalidade e simplicidade:

Viver bem, em ambientes encantadores.”

Rahyja Afrange

A inspiração de Rahyja vem do design escandinavo. A desginer conta que desde a faculdade de arquitetura, se sente extremamente intrigada pela forma de pensar escandinava, sua simplicidade e sua inteligência ao criar uma ambiência interna – e essa inspiração é refletida por seu processo de criação.

Os objetos de Rahyja são fruto de muita pesquisa – prototipagem, testagem, pesquisa de material, troca. A palavra troca, incluisve, é essencial para entender sua produção: desde a troca que a designer tem com o mundo externo, transformando detalhes do cotidiano em combustível criativo para seus designs, até a troca que realiza no processo de criação ao tirar a peça do papel, estando sempre em diálogo com os artesãos com quem trabalha, com pesquisadores do material, trocando com especialistas, trocando com os próprios protótipos, dialogando sempre com a matéria, com a ideia e com todas as pessoas envolvidas no nascimento de um objeto.

Caderia Se7e em fase de prototipagem. Foto: @rahyja via Instagram

Cadeira Se7e. Foto: Rahyja Afrange

Os projetos de Rahyja nascem em seu caderno de anotações. Cheio de desenhos, é nele que a designer registra as trocas que tem com o mundo externo e cotidiano, carregando-o para todos os cantos e fazendo anotações de ideias, inspirações, e esmiuçando conceitos que, depois, tornarão-se objetos. A designer também faz uma diferenciação muito clara entre o desenho e o desenho técnico: primeiro, faz o desenho mais experimental, artístico, e só depois de construir uma maquete do objeto, faz o desenho técnico na escala 1:1. É nesse momento que o projeto pode sofrer alterações, experimentações de tamanho, posicionamento.

Desenho da Cadeira Se7e. Foto: @rahyja via Instagram

O processo de criação de Rahyja se destaca pela minúcia da artista em cada um de seus objetos. Para a Cadeira Se7e, Rahyja realizou protótipos em madeira Freijó, Cumaru e, buscando um objeto que fosse visualmente leve e simultaneamente resistente, fez um total de quatro protótipos – cada um deles com um pequeno ajuste de ângulo, espaçamento e curvatura. A designer conta que é somente com os protótipos que consegue ficar realmente satisfeita com os testes de ergonomia.

Em todo esse processo – de prototipagem e testes ergonomicos – envolve uma equipe que conta com artesãos, especialistas e fornecedores para garantir o melhor resultado através de trocas de experiências adquiridas em equipe.

Registro da designer escolhendo madeiras para os protótipos. Foto: @rahyja via Instagram

Assim nasce uma criação de Rahyja. Seja em madeira, couro ou feltro – a designer só considera finalizada uma criação após muita experimentação. Da cadeira Se7e e das descobertas realizadas no processo nasceu uma coleção de peças Se7e, com poltrona, mesa bandeja e mais – mas ela não é o único exemplo da versatilidade da designer. Suas criações de objetos envolvem também descoberta de materiais, como o Estilete de madeira com estojo de couro, feitos um a um à mão, são uma forma da designer ressignificar suas explorações com diferentes tonalidades e cortes de madeira – de maneira que nenhum estilete é igual ao outro, e já foram produzidos até em coleções com pinho de riga!

Estiletes sendo feitos. Foto: @rahyja via Instagram
Estiletes de madeira. Foto: Rahyja Afrange.
600Estiletes sendo feitos. Foto: @rahyja via Instagram

Junto com sua preocupação com material e pesquisa, Rahyja carrega em suas criações muita atenção ao meio ambiente. A designer procura criar com matéria-prima reutilizável, ressignificando recursos como o feltro, trazendo através do trabalho artesanal objetos com preocupação estética e, ao mesmo tempo, funcionalidade – muitas vezes criando diálogos entre a madeira e o feltro, o couro e o feltro ou a madeira e o couro, promovendo um interesante contraste, sem perder a essência minmalista de seus objetos.

Designer trançando feltro. Foto: @rahyja via Instagram
Vaso de feltro. Foto: Rahyja Afrange


A criação de uma peça é um diálogo fluído entre uma ideia no campo conceitual e as possibilidades físicas do mundo real. Neste diálogo, sempre busco explorar ideias que não só pareçam boas, mas que nos façam sentir bem. Foco na qualidade, nos detalhes e durabilidade.

Rahyja Afrange
Registro do processo de experimentação da designer com latão. Foto: @rahyja via Instagram
Vaso Latão. Foto: @rahyja via Instagram

O processo de criação de Rahyja é a prova da importância da produção artesanal – e, principalmente, da colaboração no ato criativo, com atenção a simplicidade, delicadeza e funcionalidade dos objetos. No vídeo desse #MãosQueFazem você pode ver cada uma das etapas que estão envovlidas no nascimento de uma peça criada por Rahyja Afrange – e todas as mãos que estão criando junto com ela.

E é assim que se unem mente e corpo – pensamento e ação – para que nascam objetos simples, mas, cheios de complexidade.

Porta-Cartas, Estiletes e Bandeja de Rahyja Afrange. Foto: Adelina Loja

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre a criação de Rahyja Afrange? Encontre mais objetos dela no site da Adelina e descubra tudo que a arte pode te proporcionar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.